Se, somente, se...



Se sinta. Se cuide. Se determine. Se vire. Se toque. Se beije. Se acaricie. Se veja. Se deite. Se levante. Se olhe. Se curta. Se contradiga. Se critique. Se mude. Se construa. Se preserve. Se vista. Se dispa. Se enlouqueça. Se valorize. Se deixe levar. Se amontoe. Se bagunce. Se organize. Se dê aos luxos. Se glorifique. Se resguarde. Se restitua. Se recicle. Se aprimore. Se estude, se ensine. Se enalteça. Se sobressaia. Se produza. Se prove. Se desaprove, às vezes. Se aprove. Se empodere. Se ouça. Se fale. Se escreva. Se leia (principalmente nas entrelinhas).

Se consuma. Se compre. Se venda. Se cubra. Se descubra. Se revele. Se fotografe. Se stalkeie. Se espante. Se ria. Se trole. Se ria de novo. Se relembre. Se reviva. Se transforme. Se altere. Se acalme. Se mantenha na linha. Se busque. Se encontre. Se jogue. Se aventure. Se exercite. Se permita. Se goze, se aproveite. Se publique. Se imponha. Se "humildifique". Se coloque no lugar do outro. Se coloque em seu lugar de direito. Se ponha limites, ou, se ponha porra nenhuma. Se transpareça. Se desfrute.

E sabe por que você deve se ser? Porque ninguém o será por você. Porque não há motivos para achar flores pelo caminho quando você só planta espinhos no seu coração. Porque saber amar pode (e deve) começar pelo amor próprio. Porque quando não somos nós os autores de nossa própria existência, outros nos escrevem como pensam que somos, quando na verdade nunca se propuseram ao menos a nos observar. Seja forte, ousado e criativo, mas também se permita ser fraco, acanhado e preguiçoso. Porque o homem de aço e a mulher maravilha foram idealizados! Você é real. Somos reais.
Se viva. Se goste, se AME.


EDSON CARDOSO
Professor brasiliense, formado em letras, amante de (boa) música e de jogos. Um cara que não é um poeta, mas que se arrisca a brincar com as palavras. Nem de longe um boêmio, tampouco um insensível nato. Coleciona fotos e lembranças das viagens que já fez e planeja muitas outras. Alguém que agradece a Deus diariamente o dom da vida e a graça de ter uma família com quem pode contar.

O Amor É Brega

O Amor é Brega é uma plataforma de informações voltada para o autoconhecimento, comportamento e relacionamentos. Aqui você encontrará textos sobre o cotidiano, respostas para suas perguntas e uma equipe pronta para responder todo e qualquer questionamento. Contamos com a seção chamada Divã, onde você poderá encaminhar um e-mail aos nossos editores sobre os temas relacionados à página. Poderá, ainda, pedir conselhos e ombro. Nós estamos aqui para ajudar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário