Follow Us @soratemplates

quarta-feira, julho 11, 2018

Nunca mais serei a mesma



Eu nunca mais serei a mesma.
Nunca mais ouvirei as mesmas músicas do mesmo jeito que ouvíamos juntos.
Talvez eu nunca mais ouças as músicas que ouvíamos e crie coragem suficiente para deletar nossa playlist do celular.
Pode ser que eu até troque de celular, para não precisar ver as fotos e mensagens a apagar.

Eu nunca mais serei a mesma.
Porque não sei o quanto poderei entregar às pessoas,
Porque, na verdade, por sua causa, fiquei com medo de me entregar.
Porque agora estou traumatizada em nosso relacionamento falido.

Eu nunca mais serei a mesma.
Você tirou de mim algo que muito me importava,
Como a alegria de ver o por-do-sol, porque agora, não faz mais sentido sem você.
Você tirou o meu sorriso mais sincero e não acredito que vá voltar para devolvê-lo.

Eu nunca mais serei a mesma.
Seu toque produziu algo em mim, que ninguém mais será capaz de reproduzir.
Seu suor se misturando com o meu, era um cheiro único, que nunca mais sentirei novamente.
Sua mão fazendo carinho na minha testa, antes de adormecer, não será substituído por nenhum outro carinho.

Eu nunca mais serei a mesma.
Não quero outra vez ter o coração dilacerado,
Ou chorar em público, por lembrar de nós, vendo casais caminhando no cais ou abraçados no cinema.
Eu nunca mais serei a mesma porque, sem você, não existe nós e, sem nós, não existo eu.
Preciso renascer,
Procurar nas minhas bagunças e me reencontrar.
Talvez encontrar uma estranha que eu nem sabia que estava ali, esperando para emergir à superfície,
Sendo feliz sozinha mesmo.

Eu não precisarei mais ser a mesma.
Quero ser só a minha nova versão de mim,
Com novas dúvidas,
Outros medos, medo do desconhecido.

Eu não precisarei mais ser a mesma.
Já existia uma “eu” antes de você,
E ela era bem feliz com sua própria companhia, com seus próprios amigos.
Eu não quero mais ser a mesma.
Não quero mais viver em função de um falso amor,
Quero ter a certeza de que, com o tempo, serei mais forte sem você.

Eu nunca mais serei a mesma,
Nunca mais precisarei ser a mesma,
Porque não quero mais ser a mesma.


GRAZIELLE VIEIRA.

Mineira que vive no Rio, escreve em vários blogs lindos, ama Friends e Taylor Swift e, apesar de ser advogada, se encontra mesmo é na escrita. Ama café, pôr do sol no inverno, gatos e odeia pagar boletos. Dona e proprietária do Vigor Frágil



Nenhum comentário:

Postar um comentário