Top Menu

O QUE VOCÊ NÃO PODE GUARDAR


Já faz algum tempo que você não se prioriza, não se encara no espelho e não tem coragem de apontar os seus medos, as inseguranças e até as suas qualidades. Já faz algum tempo que você tem fugido das pessoas, dando sempre a mesma desculpa. Ouso dizer que tem tentado até fugir de você mesma. Tem se sabotado, tem o constante medo de arriscar, de se entregar e viver coisas novas.

Mas quero te falar que você precisa se organizar, e já sei que você vai falar que já organiza a casa, seu dinheiro, mas estou falando de algo que vai muito além – estou falando de organizar essa gaveta bagunçada que mora em seu peito, de tirar essa poeira debaixo do tapete que vem te sufocando e causando alergias à vida.

Estou falando de você organizar a alma, de não guardar o que não presta mais, você não pode acumular o que quebrou, danificou, você não pode viver de cacos. A vida é muito mais do que um relacionamento que não deu certo, mais do que um trabalho que não estabilizou. Você é muito mais do que essas inseguranças, mais do que essa mania terrível de se deixar diminuir para que os outros cresçam.

As rasteiras da vida sempre vêm, mas você precisa querer levantar, sacudir a terra e enfrentar o mundo de dentro e o de fora. Você precisa entender que as fraquezas e os medos vão querer te engolir, mas você tem força suficiente para não deixar que eles evoluam. Não fuja das pessoas que te levantam, só aprenda a filtrar o que te rodeia. Não guarde o que não presta mais.

Não fuja de você!

Você é a sua casa, é o lugar onde precisa estar em paz, se sentir segura e ser morada para os sentimentos bons e para as pessoas boas. Guarde em você só o que te lança pra frente, o que caminha com você. O que não presta mais, o que não te agrega é: o que você não pode guardar.



KAL LIMA.
Poetisa, uma baiana com a alma no mundo e os pés em um rincão incrustado no Sertão. Sou uma garota-mulher apaixonada pelos encantos que o amor traz. Falo muito, sinto muito, nas palavras encontro o meu cais, é o meu jeito de transbordar.

Postar um comentário

Layout OddThemes | Distribuído por Gooyaabi | Modificado por Mafê Probst