Top Menu

ME GUARDA NUM POTINHO?


Tô te pedindo pra não me esquecer,
Pra me guardar num potinho dentro de você.

Me guarda, vai?
Promete que vai proteger tudo o que aconteceu de mais lindo em nós,
Sem nunca esquecer o que nos fez ser um só.

Guarda naquele cantinho que só você tem acesso,
Um que ninguém consegue se meter no meio de nós,
Ou tente decifrar o que aconteceu, caso achem que tenha acontecido.

Porque eu te tenho aqui,
Dentro do lugar mais lindo do peito,
O cantinho do amor.

É o lugar mais remoto e tão pouco habitado,
Que as vezes eu me esqueço que existe.
Acho que foi por isso que você apareceu.

Você veio me lembrar o que é amor,
Apareceu pra resgatar o amar,
Para que eu movesse todos os móveis de lugar.

Só que quando o encanto se desfez,
A saudade fez morada,
Ela pensou que aqui seria seu novo lar permanente.

E sabe o que mais?
Eu não tive coragem de manda-la embora,
Porque mandar a saudade embora, significaria dizer que você não esteve aqui.

A real é que você ocupou todos os pedacinhos de mim,
E mesmo de longe,
Tomou pra si a parte de mim que não me pertence mais, de tão tua que é.

É egoísmo, eu sei,
Mas promete nunca esquecer
E guardar o maior amor?

Cê promete?

GRAZIELLE VIEIRA.

Mineira que vive no Rio, escreve em vários blogs lindos, ama Friends e Taylor Swift e, apesar de ser advogada, se encontra mesmo é na escrita. Ama café, pôr do sol no inverno, gatos e odeia pagar boletos. Dona e proprietária do Vigor Frágil

Postar um comentário

Layout OddThemes | Distribuído por Gooyaabi | Modificado por Mafê Probst