Follow Us @soratemplates

sexta-feira, janeiro 12, 2018

DESCULPA, MAS NÃO DÁ PRA FICAR TE ESPERANDO



Eu tentei, te juro! Mas ouvi uns boatos de você que eu não esperaria. Sério. Eu tava te esperando. Até evitei algumas pessoas, tranquei o coração, fechei a porta dos sentimentos e estava vivendo uma vida pensando em nós. 

Mas você vacilou. Pisou na bola. Até pensei que também estava na mesma vibe que eu: acreditando em nós. Mas só de saber que você tá curtindo por aí; beijando de boca em boca, dormindo de cama em cama, enganando outras pessoas, iludindo outros corações, fez com que eu pulasse do barco. Desisti. Parei de remar. Parei de lutar contra a maré. 

E você sabe, nem fui atrás, essas histórias chegaram do nada e, por já conhecer a peça, nem duvidei. Apenas respirei fundo e disse para mim mesmo: ''sabia!''. 

E não precisa me esperar mais não! Sério. E nem venha com aquele papinho furado de que sente falta e que daríamos certo. Hoje eu vi que a sua hora já passou. A oportunidade? Você perdeu. Nesse tempo todo te esperando, com tanta incerteza e com um pé atrás, apareceu outra pessoa e me fez pensar positivo de que, de você, eu não mereço perder tempo me fazendo ter certeza que com ela eu só vou caminhar pra frente, não para trás. 


FERNANDO OLIVEIRA.

Escritor, paulista e abriga um amor infinito. Escreve suas histórias como uma noite que invade a alma e o toma desses ares e aroma, de uma louca e qualquer agonia de vida. Quer expor as cicatrizes das dores passadas, quer que vocês, leitores, o sintam com o coração, assim como tocou, um dia, o próprio coração que hora chora, por escrever apenas aquilo que tanto um dia desejou viver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário