Follow Us @soratemplates

quarta-feira, dezembro 27, 2017

Eu deveria estar fazendo qualquer coisa!


Eu deveria estar fazendo qualquer coisa, menos pensando em você. E pensar em você é a única coisa que consigo fazer na maior parte do tempo. Quero tirar sua camiseta e beijar você, quero correr pra dentro dos seus braços, quero ficar quieta enquanto sinto seu cheiro, quero te cobrar todas as promessas de carinho que insiste em fazer todos os dias que acabam me deixando mais carente e com mais vontade me de me jogar em cima de uma cama e te puxar pra cima dela.

Às vezes essa carência me assusta, só que não é qualquer carência e não é qualquer vontade, não é de qualquer pessoa ou de uma pessoa qualquer. Por algum motivo eu não sei porque você apareceu na minha vida e, de alguma forma que não sei explicar, está sendo bom, sem expectativas ou neuroses e eu não sou assim, mas estou sendo; e está tão bom, pela primeira vez acontece alguém na minha vida que não me deixa mais louca do que já sou.

 E tenho certeza que quando você chegar, mesmo que eu queria que o tempo demore a passar porque estou nervosa com tudo isso, quando chegar a hora, vou te trancar no quarto como prometi que faria, e então você será meu, somente meu. Estou com saudade, do gosto da sua pele, e das suas piadas idiotas, e do seu beijo e do calor do seu corpo, e de como você faz eu me sentir. Lembra quando eu fiquei com vergonha de te beijar pela primeira vez e então quando dei por mim estávamos numa cena de uma comedia romântica dessas que nunca assistimos por que achamos que somos mais românticos que qualquer comedia romântica.

Estou sentindo falta de sentir o calor da sua pele em mim, das suas mãos deslizando no meu corpo, você sabe exatamente como me beijar, e o que fazer com meu corpo pra me incendiar. Você me ensinou que não preciso de você nem de ninguém pra ser feliz, mas te quero mesmo assim, por que querer alguém que faz bem, que me torna melhor e que me mostra que sou responsável por toda alegria que posso ter é a maior prova de sanidade. Quero sentir o calor que seu sorriso trás, a calma e a tranquilidade que acompanham sua presença, o prazer que seu corpo me dá. Agora Estou com mais saudade.


VITORIA LORDEIRO
Sou tímida ao extremo mesmo parecendo ser alguém extrovertido, Amo MPB (coleciono discos); não assisto televisão , nunca. Escrevo sempre tentando decifrar a alma masculina. Amo café, ler e ficar vendo receitinhas na internet.  Prefiro livros a festas. Amo comidas estranhas, quanto mais esquisita e nojenta mais eu gosto. Choro vendo ursinho Pooh e sempre torci para o Frajola. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário