O amor é brega. E quem não é?

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

FICA ASSIM NÃO, MOÇA!




Vem cá, moça! Esses olhos lindos não precisam de lágrimas, certo? Você fica linda com eles apertadinhos, e esse nariz vermelho, dá uma vontade enorme de te abraçar e te dar colo, é verdade; mas esse não é teu destino.

Ô moça, não soluce, não se desespere, que meu coração aperta ao ver essa cena. Respira fundo, por favor! Quer cafuné? Moça, se acalma, vai? Alivia esse peito apertado. Dá pra sentir a dor daqui. Dá pra ouvir a dificuldade na respiração. Moça, cadê seu sorriso? Sorrisão lindo, vale lembrar. Cabelo bagunçado, coração também, tô vendo.


Moça, nada nesse mundo vale esse sofrimento. Vem, me dá a mão. Você precisa saber que vai passar. E você vai ser mais forte. Nem sei como vai ser isso, você já é a fortaleza em pessoa!


Moça, lembra das outras vezes? Você ainda tem cicatrizes pra te lembrar que você vence tudo. Todo mundo vê como você é encantadora, inteligente, guerreira, todo mundo te admira, não esquece! Não esquece teu valor, moça! Nada nem ninguém pode te atingir de tal forma. Olha devagar. Está tudo trabalhando a teu favor. Vai tudo se ajeitar.


Cuida do que tem aí dentro, viu? Cuida que é precioso. Certo, moça? Aguenta mais essa e não deixa mais acontecer, não dessa forma, não se machucando tanto. Caiu, caiu. Cair, a gente cai. Só levante agora. Você tem um futuro olhando pra você e pedindo tua atenção.
Segue, moça. Segue, que tem caminho demais te esperando. Que a felicidade te sorri. Que ela é teu destino. Moça.


RACHEL CARVALHO
Rachel, de carne e osso, e Carvalho também. Mãe. Amiga leal. Escritora. Estudante de Letras - Português/Literatura. Nordestina. Ama dias chuvosos, livros, séries, cinema, teatro, música, comida, cheiros, o mar, a noite, pássaros, borboletas, vaga-lumes e flores, cachorros e gatos, conversa, risadas e fazer nada. 

0 comentários:

Postar um comentário