O amor é brega. E quem não é?

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

E quando menos se espera, simplesmente acontece!


Até hoje me lembro do seu sorriso maravilhoso e do perfume que me chamou atenção. Aquela troca de olhares inevitável e durante todo o evento os nossos olhos se reencontravam, parecia que estávamos nos esperando, alguns goles de champanhe, sorrisos soltos, amigos em comum e a aproximação aconteceu.

Chegou sorrindo e automaticamente retribui o sorriso, nossa conversa ocorreu leve e gostosa, você me contou sobre sua paixão por Djavan e eu lhe mostrei minha playlist de funk, você fazia questão de dizer que só ouvia MPB , mas eu sorria ao notar seus ombros se mexendo  ao som de Anitta.

Depois de longas palavras trocadas, alguns sonhos compartilhados, confissões de quem acreditavam em destinos e diversos sorrisos involuntários, aquela bendita e longa promessa de se ver novamente e não deixar o sentimento que estava nascendo morrer, números de telefones trocados. Antes de virar a esquina uma mensagem chegou em meu celular.

“Com certeza a vida está me dando você de presente, só não sei por qual motivo”.

Sorri. Também tive a mesma sensação, novos encontros aconteceram, beijos surgiram, caricias trocadas e a certeza de que por algum motivo estávamos juntos e presentes na vida um do outro.

Acontecemos quando eu menos esperava, já estava desacreditada de que talvez fosse viver algo assim, tão real e extraordinário, mas com você eu aprendi que a vida nos sorri quando menos se espera e que os ventos se encarregam de colocar cada pessoa em seu devido lugar.

Você é aquele sonho que eu me recuso a acordar e diariamente entendemos que eu sou o presente que a vida te deu e você é o meu presente. Talvez se eu estivesse procurando algo não teria lhe encontrado, quem sabe se eu estivesse focada em algo não teria lhe notado.

O gostoso foi que aconteceu naturalmente, sem cobranças. Hoje eu já inclui algumas MPB's em minha playlist e você colocou funk no pen drive do seu carro, fomos cedendo aos poucos e ajeitando de acordo com o que vamos vivendo.

Quando menos se espera, simplesmente acontece, seja na fila do mercado, no trânsito, em um consulta médica ou no transporte público.  O que é seu os ventos se encarregam de levar até você e resta saber receber e aproveitar!



ANDRESSA LEAL.
Andressa, desde 1986. Mauá - SP, uma mulher cheia de mistérios e repleta de poesias, encontrei nos textos e poesias minha fuga, meu refugio, meu mundo, algo só meu que compartilho com você. Aqui serei simplesmente eu, textos que nem na pagina do facebook eu posto aqui irei postar. Um dia sem poesia para mim é um dia em vão!

0 comentários:

Postar um comentário