O amor é brega. E quem não é?

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Sem apagar o fogo!


Não éramos aquele casal perfeitinho, tínhamos nossos defeitos, tatuagens espalhadas pelo corpo e por baixo dela algumas marcas que escondiam quão ardente eram nossas noites, carícias trocadas, desejos realizados e aquele gosto de quero mais que sempre ficávamos.

Brincadeiras e liberdades. Aquelas coisas que só nós entendíamos e tínhamos, mesmo com toda as brigas, as discussões e a minha jura de que naquela noite dormiríamos separados, sempre acabava cedendo aos seus encantos e as suas piadas mesmo que sem graça.

Mas era inevitável, o fogo gritava, era como se tivéssemos deitados em volta de uma fogueira, mesmo que eu tentasse não conseguia resistir aos seus encantos. Aquele lance de não me encosta senão eu não me controlo. Era exatamente assim e meus olhos me entregavam.

Não precisa falar nada, os nossos corpos possuíam uma linguagem só deles e nós simplesmente obedecíamos. Cada toque em meu corpo era como se o play tivesse sido apertado.

O tocar em seu membro era o convite mais sutil que eu poderia fazer para que você explorasse todas as minhas curvas e curvaturas. Aquele tocar mais delicado, o beijo mais demorado e aquele dormir agarrado.

Mãos passeando pelos corpos e o desejo de estarmos encaixados gritava. Sempre acabávamos com os cabelos molhados, o gosto de cada um nos lábios, roupas jogadas pelo chão do quarto e aquela vontade de não sair da cama tão cedo.

Não que pedíssemos arrego, mas depois de toda noite intensa de prazer, nos permitíamos ficar agarradinhos, curtindo um ao outro, respirando com mais calma e de vez em quando dando uma passada de mão sem vergonha, só para manter a chama acesa – afinal o fogo não pode apagar.



ANDRESSA LEAL.
Andressa, desde 1986. Mauá - SP, uma mulher cheia de mistérios e repleta de poesias, encontrei nos textos e poesias minha fuga, meu refugio, meu mundo, algo só meu que compartilho com você. Aqui serei simplesmente eu, textos que nem na pagina do facebook eu posto aqui irei postar. Um dia sem poesia para mim é um dia em vão!

SITE | FANPAGE | INSTAGRAM | TWITTER | CANAL


0 comentários:

Postar um comentário