O amor é brega. E quem não é?

sexta-feira, 30 de junho de 2017

É TUDO CULPA DO MEU SIGNO!



Não ria, e nem me chame de louca. Até pareço às vezes, mas quem está vivo nessa sociedade louca e doente, também não se encontra na mesma situação?!

Sou nascida em 15 de julho meu bem, isso quer dizer que: sou sentimental ao extremo, choro com topada no dedinho, filmes de drama e de repente comédias, despedidas, abraços mais demorados, e sou capaz de sofrer antes mesmo de ser machucada por algo ou alguém.

Nunca deixo de “ir”, mergulho fundo, me jogo, me afogo em mim mesma e me arrependo em certas situações rasas. Adoro o “antigo” das coisas, papel de cartas, ainda coleciono adesivos, as novelas de época por exemplo, são minhas preferidas. Meu humor é instável, daquele que inacreditavelmente muda de um segundo para o outro, sem qualquer racional explicação, nem ansiolíticos resolvem. Sou regida pela lua, com certeza isso responde as fases que possuo.

Meu elemento é água, acho que por isso que prefiro contornar os problemas de maneira mais flexível, truculência não combina muito comigo. Esteja preparado, eu definitivamente não consigo fingir sentimentos, um estranho vai notar se estou feliz ou triste, transparência total. Não confunda com ser boba, tá?! Posso ser tsunami quando for necessário!

Preciso te contar que meu ciúme é intenso, da mesma forma que qualquer outro sentimento meu. Meus amigos, minha família, minhas roupas, meu programa de tevê!!! Não se sinta o sortudo ou azarado nesse sentido, aceite, não consigo mudar, confesso que já ocorreram algumas tentativas sem sucesso, então, não há muito que se fazer. Okay? Mas não se preocupe, nem sempre vou demonstrar! Minha casa e meu coração são sinônimos, preciso de segurança, aconchego, intimidade e farei dos dois o melhor lugar pra estar. Limpe os pés para entrar, te receberei com um largo sorriso, um café fresco e forte, adoce como quiser, tem livros na estante pra distrair, plantas na varanda, roupas limpas no armário, não quero ter que pedir, mas se tiver coragem e entender que é tudo culpa do meu signo, pode por amor ficar.


JOANY TALON.
Pra quem acredita em horóscopo é Canceriana, nascida em Araruama no dia 15 de julho de 1986, assistente social pela Universidade Federal Fluminense, e agraciada por Deus pelo dom de transformar em palavras tudo que sente, autora dos livros “Cotidiano & Seus Clichês” e “Intrínseco” e co-autora no livro “Pequenices Diárias”

0 comentários:

Postar um comentário