O amor é brega. E quem não é?

terça-feira, 27 de junho de 2017

A PARTE EM QUE O MUNDO DÁ VOLTAS!



Na vida damos muitas voltas. Juramos não amar mais e não se aproximar mais. Juramos nos afastar daquilo que não nos faz bem e depois de um piscar de olhos lá estamos nós mais uma vez alimentando nossos pensamentos com promessas fáceis de serem destruídas. Lá estamos nós, nutrindo aquilo que alguma parte de você sabe que não vale a pena. Durante essas voltas e giros ficamos desejando que tudo passe. Pode demorar 365 dias, uma semana, dois dias ou um clique no relógio. Mas o desejo é sempre único. 

Nesse tempo muita gente chega, muita gente se vai e muita gente fica. Fica por ter encontrado em você um motivo que não a faça ir embora. Aquele motivo que as fazem lutar por você e pela sua companhia. Acredito que quem fica não fica à toa. Acredito que existe um propósito, uma chance, uma possibilidade, ou qualquer nome que você queira dar para essa linda maneira do universo colocar gente do bem no seu caminho.

Por mais que a gente meta os pés pelas mãos, que a gente chore, brigue com o mundo, o destino sempre dá um jeito de te fazer enxergar além. De consertar tudo aquilo que foi quebrado, de colocar no lugar tudo aquilo que te faz bem e levar embora tudo aquilo o que não te serve. A gente risca, mas o destino vem e rabisca. E lá na frente você irá entender que a vida faz muitas voltas e curvas, mas o destino sempre cuida de você, para que no seu caminho todo mal se transforme em bem querer.

Eu adoro a parte em que o mundo dá voltas. Aquela mesma parte que você quer voltar no tempo e fazer diferente. A parte que você chorou e sorriu. A parte que você quer abraçar quem te faz falta, mas tem medo. A parte em que você quer escutar uma voz pra acalmar o coração e dormir. A parte que a luz do quarto se apaga e a memória acende. A parte que você escuta uma música e lembra do cheiro de alguém. A parte em que você deixou de ser razão e voltou a sonhar com o coração. A parte em que você tinha tudo pra ser a pior pessoa do mundo depois de uma decepção, mas foi gente o suficiente pra se amar e recomeçar de novo.



FERNANDO SUHET.
Um pisciano romântico e cabeça dura. Palavras e músicas ditam sua ordem. Apegado aos sentimentos mais simples e completamente ligado à família. Fiel aos poucos e verdadeiros amigos. Acredita na força do amor e, principalmente, na necessidade de solidariedade.

1 comentários:

  1. Eu que digo que não te amo tanto, quero dizer que eu te amo é muito. Obrigada por esse texto, Suhet ♥

    ResponderExcluir