O amor é brega. E quem não é?

sexta-feira, 24 de março de 2017

E QUANDO FOR AMOR?


Quando for amor, tu amarás tudo, amarás por inteiro. Tu vai perceber que aquele rostinho de sono ao acordar ao teu lado durante as manhãs conseguirá ser mais bonito que qualquer vestido de marca. Vai perceber que todas as músicas vão se encaixar em cada momento. Quando for amor, você não vai querer que seja um conto de fadas. Tu vai querer que tenha SIM algumas horinhas de ciúmes bobos, de cuidados extremos, de briguinhas bobas (porque o melhor sempre serão as reconciliações)...Tu vai perceber que, quando for amor, até a maior distância não será capaz de separar vocês, porque a tua conexão interna será maior que qualquer conexão carnal.

Quando for amor, será recíproco.
Quando for amor, tu não precisarás mais de sorte, mas serás a pessoa mais sortuda do mundo por ter teu amor ao lado. Nem irás mais desejar mais ninguém, porque o único desejo será estar sempre com esse alguém. 

Quando for amor, apenas será. Sem explicações, sem complicações, sem restrições, sem prisões. Quando for amor, não vai faltar sorrisos, vontade de estar junto, saudade, filmes nos domingos tediosos, mãos dadas, segurança, reciprocidade.

Quando for amor, segura, cuida e não deixa ir. 
Amor, nos dias de hoje, é raridade.
                                                    ❁


MARIANNE GALVÃO

Marianne Galvão,1990, escritora, blogueira, libriana e nordestina; é amante das palavras e filha do tempo. apreciadora nata de tudo aquilo que faz sentir o sangue quente viajando entre as veias, transborda sensações e sentimentos urgentes através da escrita. Escritora do livro "tempo do tempo: as estações do coração."

0 comentários:

Postar um comentário