O amor é brega. E quem não é?

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

MOÇO, EU CANSEI!



Moço, eu cansei!

Cansei de você e suas incertezas, de você e suas manias, seus desejos sem sentido, suas palavras confusas. Cansei de esperar você decidir o que quer, de esperar você aparecer com seu jeito sem jeito.

Até parece que você não sabe lidar com uma mulher ao seu lado. Será que você não sabe nem dar a mão pra uma? Sinto que você não sabe o que dizer, onde tocar, o que oferecer. Simplesmente, sinto que você não sabe lidar com uma mulher.

Deve ser culpa desse seu jeito moleque de ser, que chamava atenção apenas das menininhas inocentes que não conhecem muito sobre a vida, mesmo quando você queria uma mulher. Mas quer saber de uma coisa, meu caro? Enquanto você não passar a se portar como homem, nem eu nem mulher nenhuma sentirá atração por você. Pode até ser que sinta, mas dois encontros depois e ela acaba.

Mulher não gosta de moleque, eles só servem pra estimular uma fagulha de esperança em nós, mas que eles mesmos apagam pouco depois. Mulheres querem homens que as façam sorrir, que as abracem quando o mundo parece desabar, que mostrem que tudo pode ficar bem mesmo quando as esperanças parecem ter se esvaído.

Mulheres querem homens que sejam homens e meninos, que não tenham perdido a inocência de uma criança mas saibam equilibrá-la com a seriedade de um homem.

Moço, pensa bem em tudo que você tem feito, isso tem realmente sido atitude de homem? Ficar apenas se culpando por algo que não tem relação com você, mas sim, comigo, quanta bobagem. Cresça moço, não se esqueça que eu também tenho sentimentos e que nem sempre eles estão voltados a você. Lembre que aqui existe um coração que sente demais, que sonha demais e que tem medo das correntes, até mesmo as invisíveis.

E, mais importante moço, pode ser que eu apenas não queira ninguém, pode ser que eu apenas me queira.

MARINA COUTO.
21 anos, estudante de Letras, forrozeira e apaixonada por palavras. Escrevo pra me sentir livre, não tenho destinatário certo, acho que assim fico mais desapegada e escrevo Com a alma. Gosto de escrever para as outras pessoas saberem que não estão sozinhas. Quem vai ser meu interlocutor? Quem ler decidirá se aceita ser ou não. Se você se identificar, é um novo interlocutor, escreverei pensando que não estou só. Escreverei pra nós

2 comentários: